tsevelelogo

terça-feira, 29 junho 2021 14:15

Mpepe e Inhamu: duas sugestões exóticas para uma experiência gastronómica diferente

Mpepe e Inhamu Mpepe e Inhamu

O consumo de insectos é prática comum em algumas culturas pelo mundo. Em Moçambique, há vários insectos comestíveis, dependendo de cada região do país. Mpepe e inhamu são alguns dos insectos comestíveis, consumidos em alguns distritos da província da Zambézia e algumas regiões do sul de Moçambique, embora com designações diferentes. Habitantes de murmuches, estes dois insectos ocorrem entre Outubro e Dezembro, normalmente após a queda da chuva.

Segundo alguns nativos consumidores do inhamu, é necessária muita atenção e paciência para a sua captura, dado que estes saem normalmente em fila, devendo por isso capturar um a um. Este processo deve ocorrer no período da manhã, entre as 8 e 10 horas, altura em que eles saem do murmuche.

Após a captura, são retiradas as asas e de seguida lava-se muito bem e põe-se a ferver em uma panela com água e sal durante 30 minutos, até secar toda a água e o inhamu começar a torar. Desaconselha-se a consumir o Inhamu com molho, por ser muito oleoso. O inhamu é habitualmente consumido seco e torrado, acompanhado de massa de mandioca, localmente designada caracata.

Por sua vez, o Mpepe ocorre nos meses de Dezembro e Janeiro, após muita chuva. Diferente do inhamu, o mpepe é capturado no período da noite, normalmente atraído pela luz, quer seja do candeeiro, da fogueira e até mesmo lâmpadas. Depois de identificar a sua origem, prepara-se molhos de capim amarados em pequenas quantidades, de preferência o capim elefante para garantir maior longevidade do fogo, e vai-se ao murmuche de onde sai o mpepe.

No local, fazem-se dois a três buracos dependendo do número de pessoas que vão à captura. De seguida aproxima-se ao buraco com o capim aceso onde o mpepe será atraído pela luz do fogo e começa a cair no buraco. Dentre os membros do grupo de captura do mmpepe, alguns têm a missão de retirar o mpepe do buraco para o saco. Este processo pode ser feito durante a noite toda, podendo conseguir cerca de 50kg.

Antes da preparação para o consumo, o mpepe passa por um processo de retirada das suas asas. Para o efeito, coloca-se uma panela vazia ao lume e, depois de aquecida, vai se colocando o mpepe em pequenas quantidades para retirar as asas.

Após a reirada das asas, o mpepe já pode ser consumido, mas também pode ser preparado com água e sal e no final e torado. Tal como o Inhamu, o mpepe é também consumido com xima de caracata ou de milho.

Escrito por Edmilson Mucuala

Anuncie