tsevelelogo

terça-feira, 14 dezembro 2021 17:45

Tsalala ou Ntsalala: entre o poder medicinal e a superstição

gardênia bushveld-Tsalala gardênia bushveld-Tsalala

Conhecida na região sul de Moçambique por Tsalala ou Ntsalala, a gardênia bushveld, de seu nome científico, é uma árvore de pequeno porte, de crescimento relativamente lento, ideal como planta-foco em jardins de chuvas de verão ou em pátios.

 Árvore pequena, de caules múltiplos, com copa densa e arredondada, de 3 a 8 metros de altura com galhos em arco, às vezes tocando o solo, a Tsalala possui uma forte capacidade de resiliência à estiagem.

A casca é cinza, lisa e os ramos aparecem nodosos. As folhas verdes e brilhantes geralmente estão em grupos de três e aglomeradas na extremidade de galhos curtos, tomando a forma de uma colher com uma ponta amplamente arredondada e uma base afilada. Possuem  pequenas bolsas de cabelo em algumas axilas das veias e uma margem ondulada.

As suas flores são solitárias e grandes (até 100 mm de diâmetro), e vistosas com um perfume adocicado, sendo por isso que as borboletas são particularmente atraídas pelas suas pétalas.

 Em forma de trombeta, as flores são brancas, tornando-se amarelas com o tempo, com um longo tubo que se abre em 6 a 9 lóbulos.  Suas  flores só abrem durante a noite.

A época de floração varia de Julho a Dezembro (inverno ao verão) e os frutos amadurecem entre Dezembro e Abril (verão ao outono), mas podem permanecer na árvore até agosto.

O fruto, que também toma o nome da planta, é quase redondo, de raso a fortemente estriado longitudinalmente, verde acinzentado a branco com pontos brancos ligeiramente salientes e contém numerosas sementes embutidas na polpa.

 As frutas são alimento para macacos, elefantes e grandes antílopes. Usadas medicinalmente para curar vermes intestinais, as frutas e as raízes da Tsalala são igualmente usadas para induzir o vômito, num remédio preparado para o efeito.

A cinza das raízes queimadas é esfregada no peito para tratar a pneumonia, enquanto as dores de cabeça são tratadas pingando um extrato nos olhos ou colocando uma compressa fria na testa. Para dor de ouvido, basta uma só gota da seiva da folha, no ouvido.

 A madeira é dura e adequada para entalhar ornamentos, e nas comunidades nativas do sul de Moçambique, acredita-se que as plantas também protegem contra raios ou espíritos malignos. Igualmente à Ntsalala é atribuído um mito segundo o qual, raparigas que apresentassem lento ou nulo desenvolvimento na passagem à adolescência, eram levadas para junto da planta, e por meio de um culto, pedir seios, ao ritmo de uma canção tradicional.

 Estas plantas são facilmente cultivadas a partir de mudas ou sementes, podendo semeiar em areia humedecida, e as mudas podem ser replantadas em uma mistura de solo bem drenada quando elas tiverem pelo menos 3 folhas.

Depois, rega as plantas jovens regularmente durante a primeira estação e proteja-as do vento e do frio. As plantas têm crescimento relativamente lento, mas são uma planta de jardim atraente em locais ensolarados e bem drenados. Elas são bastante resistentes à seca e têm um sistema radicular não agressivo e, portanto, são adequados para pequenos jardins, bem como pátios.

 

Escrito por Amadeu Quehá para Tsevele

Anuncie