tsevelelogo

terça-feira, 09 maio 2023 14:15

Ekittantta: a cama macua por excelência

Ekittantta Ekittantta Emanuel Mahira

Ekittantta ou nkori (no singular) ou ikittantta (no plural), que em emakhuwa quer dizer “cama tradicional”, é a mais antiga das camas na sociedade macua. É feita de quatro pés de madeira bem elaborada e tecelagem de um fio de palha chamado ekampala.

Ekittantta é considerada a cama principal nas aldeias da zona norte do país, onde muitos aldeões usam até os nossos dias, com muito predomínio na região costeira. Além de popular para os nativos, é também fabricada e comercializada a nível da província e da região para operadores turísticos, turistas e outras entidades.

Na Ilha de Moçambique, Omuhipiti é o lugar para o qual as pessoas vão a fim de contemplar a abundância de ikittantta, onde existe até uma casa de hospedagem designada de Terraço das Quitandas, um dos mais procurados lugares por turistas nacionais e estrangeiros.

Muitos chehes ou líderes muçulmanos afirmam que ekittantta é de origem árabe e indiana. Nesses países, este é um bem que se encontra entre os indivíduos ricos aos mais pobres, figurando em seus jardins e varandas.

Por outro lado, não se sabe ao certo qual é a origem de ekittantta. Alguns anciãos dizem que os árabes e indianos é que copiaram cá na África e foram implementar nas suas sociedades.

Primeiramente não existia ekittantta ou nkori mas sim Nanthekatjeria ou Kovela othama, que em português quer dizer “daqui não saio”. Era uma cama imóvel feita de quatro forquilhas, bambus e barro para aplanar a superfície que formava a cama.

Mas era desconfortável e as pessoas acordavam com dores no corpo, o que dificultava o trabalho no dia seguinte. Isso fez com que, com base na mesma esquadria, surgisse uma cama mais confortável e prática, estamos a falar de ekittantta ou ekori.

Consequentemente, esta nova tecnologia permitiu o aumento da produção nas machambas, acreditam os nativos usuários da mesma, e a sua popularidade prevalece até os dias de hoje.

Um pouco por todo o país, as populações criam e reproduzem vários utensílios de uso doméstico, e a cama tradicional também pode ser encontrada nos três cantos do país, com algumas diferenças no formato, nomes e material usado.

Escrito por Emanuel Mahira para Tsevele

Anuncie