tsevelelogo

Alvo Ofumane

Alvo Ofumane

Chakalabate ou capim-cidreira  é uma planta herbácea da família Poaceae, que cresce em regiões tropicais. Cresce num conjunto de rebentos (planta cespitosa), propagando-se por estolhos  (por isso é chamada de estolonífera), os quais apresentam folhas amplexicaules linear-lanceoladas. As suas inflorescências são constituídas por panículas amareladas. É uma planta que forma grandes touceiras e apresenta folhas verdes claras, ásperas, estreitas, longas, cortantes e com um aroma agradável. A folha quando amassada, exala um forte cheiro de limão. O aroma da folha é resultado de um óleo essencial conhecido como essência de lemongrass, que é constituído por uma substância conhecida como citral, que garante a planta sua acção calmante.

As cinzas são resíduos de combustão da lenha ou de outras matérias de origem vegetal. Designada Khuma em Citswa, Dhota na língua Cicena e Etthuuurwa em Emakwa, a cinza tem múltiplas utilidades no quotidiano do ser humano, desde os primórdios até à contemporaneidade. Por exemplo, é de domínio comum que a cinza é usada como purificadora para a lavagem das mãos. No entanto, há usos que não são do domínio da maioria, dependendo de região para região.

Hoje, o grande palácio da primeira administradora do regime colonial em Muecate tornou-se num local de refúgio de certos répteis pela sua má conservação pelas autoridades distritais. Capim, plantas, lixo, entre outros resíduos, fazem cada vez mais o ambiente a redor deste edifício, e quem passa pelo aquele local, pouco acreditaria que este edifício fez parte na construção do belo e rico distrito de Muecate.

Manjericão é uma planta medicinal e aromática muito utilizada para fazer remédios caseiros para vários problemas de saúde como aftas, tosse e dor de garganta. De nome científico Ocimum basilicum, em Moçambique, particularmente na província de Inhambane, a planta é usada também para tratar xicuna, uma doença comumente conhecida como hemorróidas. Apesar deste último uso não ser comum, os usuários deste garantem que o mesmo proporciona resultados eficazes no que diz respeito ao alívio da manifestação das hemorróidas. É o caso de Judite (segundo nome intencionalmente omitido para proteger a fonte) , que foi diagnosticada com xicuna já há sete anos.

Dentre as diversas iguarias encontradas na gastronomia da província de Sofala, encontra-se famoso peixe malola, nome em língua Ndau, e que   cientificamente é designado de peixe marora. É um peixe da família Synanceiidae, pescado em tempos de maré alta, ou em dias de mar muito agitado. Para a sua pesca, são geralmente usadas as redes de arrasto.

O distrito de Ribaue, está localizado na zona ocidental da província de Nampula, no norte do país, confinando a Norte com o distrito de Lalaua, a sul com os distritos de Alto Molócué, da província da Zambézia, e Murrupula, a Oeste com o distrito de Malema e a Este com o distrito de Mecuburi. É no distrito de Ribaue onde encontramos as pinturas rupestres de Muze, na comunidade com o mesmo nome.

O Monumento aos Heróis Moçambicanos é uma obra de pintura pincelada no murro situado em frente à Praça dos Heróis Moçambicanos, na Cidade de Maputo.

terça-feira, 11 outubro 2022 18:15

Tépwe: o camarão que “anima” e cura

O termo camarão, é uma designação comum a diversos artrópodes, do subfilo crustáceo da ordem dos decápodes, podendo ser marinhos ou de água doce. Os camarões reproduzem-se rapidamente e produzem muitos ovos, podendo ser encontrados em rios que desaguam no mar, em águas interiores de rios, pântanos, lagos, etc, tornando-os bastante resistentes a uma exploração intensiva. Dentre as variedades de camarão pode-se encontrar o camarão branco, o camarão castanho, camarão rosa, camarão-tigre-gigante, camarão-sete-barbas. Na língua Ndhau o camarão fino, que é o camarão rosa ainda pequeno, recebe o nome de tépwe, sendo este um crustáceo que pode ser usado na cozinha e para curar alergias a camarão.

Ponte Velha 

O Cais da Ilha de Moçambique, comumente chamado de "Pontão" ou a "Ponte Velha" pelos moradores locais, é um lugar mítico que dá para a praça em frente ao Palácio de São Paulo. Foi construída nos anos 80 a 90 do século XV e fica localizada a leste da Fortaleza e Igreja de São Sebastião e a Capela de Nossa Senhora de Baluarte.

terça-feira, 20 setembro 2022 14:49

Geofagia: dos mitos aos perigos

O consumo de areia é uma prática que remonta desde as primeiras comunidades humanas de todas as partes do mundo. Conhecida em Língua portuguesa como Geofagia – consumo de solo ou terra pelo homem, supostamente para melhorar a presença de minerais no organismo, esta prática acontece em Moçambique, um pouco por todas as províncias, sob o rosto da mulher e raras vezes, em indivíduos do sexo masculino.

Pág. 1 de 14
Anuncie