tsevelelogo

Alvo Ofumane

Alvo Ofumane

A dança Mandowa é uma dança tradicional originária do sul da província de Sofala, concretamente nos distritos do Buzi, Machanga e Chibabava. A dança chega à cidade da Beira por volta dos anos 40 e 50 com os estivadores, que vinham para a maior empregadora da altura, os Caminhos de ferro de Moçambique (CFM).

terça-feira, 30 novembro 2021 16:40

Badjia: o pastel que carrega a identidade de um povo

A badjia é um pastel feito à base de feijão Nyemba, bastante consumido na zona sul de Moçambique, concretamente nas províncias de Maputo, Gaza e Inhambane. Entretanto, ela é culturalmente dos povos Ronga, que habitam a província de Maputo.

terça-feira, 23 novembro 2021 20:47

Lunga e a sua bravura contra a dominação Colonial

Lunga é um posto administrativo sob a jurisdição do distrito de Mossuril, na provincia de Nampula. Encontra-se situado a sul deste distrito, sendo limitado a norte pelo rio Monapo, que o separa do posto administrativo do Lumbo; a leste pelo Oceano Indico; a sul pelo distrito de Mogingual; e a oeste pelo posto administrativo de Quixaxe (Mogingual) e pelo Distrito de Monapo.

Presente em todos os lares Moçambicanos, a peneira, designada lilhelo em língua Citswa, cisero em língua Cisena e ethokwa em língua Emakhwa, é um utensílio de uso doméstico, de fabrico artesanal, feito com base em palha de palmeira leque, uma planta muito abundante em várias regiões do país. O material usado na produção da peneira depende de região em região, de acordo com a matéria-prima abundante, ou da preferência do fabricante.

Limitada a norte e oeste pelo distrito de Dondo,  a leste pelo  Oceano Índico, e a sul pelo  distrito do Búzi, a Beira é caracterizada por um clima tropical húmido chuvoso de savana, com temperaturas e humidades elevadas no verão. A sua história remonta há séculos, antes mesmo da presença colonial em Moçambique.

Este conto não se trata de uma pesquisa científica, mas sim de uma experiência empírica vivida pelo autor, foi uma mera coincidência como foi a vez da cigarra. Tem se dito que algumas formigas são predadoras das vespas, sobretudo as crias na fase de reprodução. Outra versão diz que o pássaro tem sido alimento das formigas depois da morte, outras vezes os pássaros são predadores de vespas e das formigas. Isso pode ser uma tradução de “ouvir dizer”. Mas, o que eu vi e provei depois de ouvir é o seguinte:

O Grande Hotel foi um hotel de luxo localizado na cidade da Beira, segunda maior cidade de Moçambique, na província de Sofala. O mesmo localiza-se na Avenida Mateus Sansão Muthemba a quinze minutos do centro da cidade. A festa da sua inauguração foi realizada no ano de 1954. Esteve funcional entre os anos de 1955 e 1963. Após esse período, continuou sendo utilizado durante a década de 1960 como um centro de conferências.

A província de Inhambane possui palmares que se estendem de Zandamela a Save, seus limites a sul e norte respectivamente. Localizada a sul de Moçambique, é a província com o segundo maior coqueiral ou cocal do país, perdendo apenas para a província da Zambézia, no centro de Moçambique. O coqueiro, uma das suas principais plantas, tem interminável utilidade. Nela aproveitam-se as raízes para tratamento de dor de dente e não só; o caule e as folhas para extrair material de construção; para além do próprio fruto, o coco, que é bastante usado na culinária de Inhambane e em outras províncias do país. A sua utilidade não termina por aí.

Segundo o avô Munawaara de 82 anos, há muito, muito tempo, na zona onde hoje se chama de Namicopo, havia uma comunidade que vivia nas montanhas a noroeste e enfrentava problemas para ocupar aquelas terras férteis para a agricultura e habitação, devido aos mistérios que aconteciam naquela zona.

A/O Fuma é um tipo de Molina produzido com base em "tihwakwa" - sementes dos frutos da planta silvestre denominada kwakwa ou makuakua, da família Leguminaceae, da espécie Strychnos inocua Del, originária de Moçambique.

Pág. 3 de 12
Anuncie