tsevelelogo

Alvo Ofumane

Alvo Ofumane

Natural, virgem e vegetal, o óleo de coco é extraído do coco seco, a sua única matéria-prima. O mesmo é um dos ingredientes especiais usado um pouco por todo o país, e com maior predominância nas províncias de Inhambane e Zambézia. Devido às suas propriedades, o óleo de coco tem sido igualmente usado para cuidados de beleza, particularmente de cabelos.

Ao longo de vários séculos, e sobretudo no processo de captura, tráfico ou exportação de escravos, Mossuril serviu de ponto de recepção e concentração de escravos oriundos de várias regiões de Moçambique. A rampa dos escravos de Mossuril localiza-se próximo do actual edifício do Governo distrital de Mossuril, por onde os escravos comprados na então colónia portuguesa eram encaminhados para as embarcações que os levavam para as Américas. Quer dizer, depois de recolhidos no norte de Moçambique, os escravos eram levados para Mossuril, na província de Nampula, onde eram vendidos.

Hihuco, em língua Chuabo, ou tihlanga em língua Citswa ou Xitswa, ou ainda tinhlanga, em Changana e Ronga, são tatuagens feitas através de métodos tradicionais, geralmente durante a adolescência das raparigas, como forma de prepará-las para o casamento. Esta prática era comum em algumas regiões do país, e acreditava-se que as tatuagens serviam de estímulo no acto sexual.

Em Machuquele, um povoado localizado em Vilankulo, na região do Cabo São Sebastião, sul de Moçambique, localiza-se a floresta de Khaxambo. Este é um local considerado sagrado pela comunidade local, por ter sido ali onde fora sepultado, por volta de 1910, o régulo Machuquele, da descendência dos "Vilanculos", os primeiros habitantes da região.

 Localizado no bairro do Triângulo, Nicandavala ou Onikanthavala em língua Emakwa, quer dizer um lugar cheio de valas e difícil de circulação, ou que requer muita energia para lá se passear. Isto deve-se à sua característica geofisica que é rochosa e sedimentar. O bairro localiza-se perto da praia, ou seja, bem perto da zona portuária da cidade baixa de Nacala-Porto.

A história da Velha Catedral, conhecida como Catedral Nossa Senhora da Conceição, confunde-se com a história da cidade de Inhambane. Ela data de há 166 anos, sendo o primeiro templo cristão construído na região de Inhambane. Segundo Frei Orlando António, padre da igreja católica há 18 anos, a Igreja Velha destaca-se em sua importância pois “foi aquela que fez nascer muitos cristãos nesta terra, antes de muitas comunidades existirem”.

sexta-feira, 21 maio 2021 11:52

Hehirize: O Amuleto protector e da sorte

Hehirize é um amuleto tradicional comum para o povo da Alta Zambézia. Serve para defesa dos perigos diversos, do mal e dos feiticeiros (exemplo do “marido da noite”). Os povos desta região acreditam que o Hehirize ajude o usuário a ter sorte, a ser visto com “bons olhos”.

 Falar dos Macondes de Cabo Delgado e os Namarrais ou anamarallo de Mossuril na Provincia de Nampula, é falar de duas nações ou etnias diferentes, ambas localizadas na zona norte de Moçambique. Diferentes, mas com uma história de resistência muito semelhante uma da outra, no que diz respeito à resistência ao colonialismo português.

Mukovela é nome de uma planta silvestre, predominantemente encontrada nas matas da região de "Tadimi", povoado de Machecane, uma região situada à beira do oceano Índico, no distrito de Vilankulo. A Mukovela, assim denominada em língua local Xitswa, ficou muito conhecida devido à utilidade que teve durante os tempos de estiagem que os povos locais viveram na década de 80, do século passado.

A província da Zambézia, mais concretamente a cidade de Quelimane e alguns distritos circunvizinhos como Inhassunge, Nicoadala, Namacurra e Maganja da Costa, é uma das maiores referências na produção de arroz. Como resultado, este constitui um dos principais alimentos para as populações locais, que também usam o arroz para produzir outros derivados.

Pág. 8 de 13
Anuncie